Sinais que você está crescendo emocionalmente

A maturidade é geralmente associada com a idade cronológica e com os anos de experiência de vida. Mas, quando se trata de educação emocional ou maturidade emocional, idade tem muito pouco a ver com isso. Alguma vez você já notou que alguns adultos podem agir como uma criança de 6 anos de idade? Ou que alguns desses adultos parecem agir mais como adolescentes fugindo das responsabilidades de adultos?

A educação emocional leva trabalho, esforço e uma vontade de fazer um olhar honesto para dentro de si mesmo. Também é preciso uma vontade de tentar compreender as experiências dos outros.

Sinais que você já desenvolveu sua educação emocional.

Se você está perguntando se você já atingiu esse maturidade na sua vida, a Dr. Julie Hanks classifica 6 sinais que podem indicar que você está no caminho certo da maturidade emocional. Veja abaixo esses 6 sinais:

Sinais que você já desenvolveu sua educação emocional

1) Você tem a palavra final em sua vida

Você considera as opiniões dos outros quando toma decisões, mas você sabe que tem a palavra final quando se trata de decidir as coisas da sua vida. Você sente que finalmente está no banco do motorista e que tem algum controle sobre a direção e o curso de sua vida.

2) Você sabe o que você pensa e como se sente

Você tem uma consciência geral de seu mundo interno – seus pensamentos e seus sentimentos – e pode expressá-los diretamente aos outros nos relacionamentos.

DICA: Se você não sabe o que você pensa ou o que sente, tente escrever seus pensamentos e sentimentos no papel ou em um diário.

3) Você pode empatizar com as pessoas sem passar por cima de si mesmo

Você permite que os outros sintam como se sentem e pensem o que pensam. Você pode empatizar e confrontá-los sem se sentir oprimido por suas emoções. Você pode ver que alguém tem raiva em relação a você sem, no entnato, sentir que você é uma pessoa má, sem sentir vergonha de si mesmo.

DICA: Se as emoções dos outros tendem a dominá-lo, tente visualizar uma bolha emocional em torno de si e você decide o que deixar entrar e o que manter fora.

Descubra se você está crescendo emocionalmente.

4) Você desfruta do seu tempo sozinho e do tempo com os outros

Você gosta de sua própria casa e não fica assustado ou ansioso quando passa um tempo sozinho. Da mesma forma, você também pode desfrutar de ser social, passar tempo com os outros.

DICA: Se é difícil para você estar sozinho, tente fazer algo que você gosta mas que nunca fez inteiramente sozinho, como ir a um filme, caminhadas, ou sair para jantar.

5) Você é flexível e tem uma ampla gama de reações

Você raramente fica preso em padrões rígidos de interações em seus relacionamentos e você tem um amplo repertório de respostas emocionais, verbais e comportamentais. Você pode rir de si mesmo, reconhecer seus erros e fraquezas, e reconhecer seus pontos fortes.

6) Você equilibra suas necessidades com as necessidades dos outros

Há um sentimento de dar e receber em seus relacionamentos. Você nem sempre é a pessoa a acomodar os desejos dos outros, e por outro lado, você nem sempre está insistindo que as coisas sigam no seu caminho.

DICA: Se você tende a querer estar no controle, tente aliviar e deixar alguém fazer uma escolha.

Seu filho não gosta de tomar banho

Por que meu filho não quer mais tomar banho?

As crianças passam por muitas fases à medida que crescem, mas uma das mais desconcertantes para muitos pais é quando uma criança começa a dar problemas para tomar banho. Não parece importar o comportamento da criança até então, ela de repente não quer se banhar, lavar o cabelo, ou escovar os dentes. E o que é ainda mais alarmante é que nem toda criança passa por essa fase.

Então, quais são as causas da negligência à higiene? Isso é normal? E o que você pode fazer para ajudar sua adolescente ou adolescente a passar por ela o mais rápido possível? Nessa reportagem você pode ver algumas técnicas para conseguir fazer a criança entrar no banho, mas é preciso também olhar para a cerne do problema:

Por que meu filho não quer mais tomar banho?

Por que meu filho não quer mais tomar banho?

1. Depressão

Negligenciar o autocuidado é um sintoma comum da depressão. Se alguém é muito triste, ou muito assediado por baixa auto-estima ou por pensamentos de problemas emocionais ou sociais, auto-cuidado é uma das primeiras coisas a ser atingido.

O que fazer sobre isso: Seu filho não precisa ter uma depressão completa para exibir esses comportamentos. Se você tem alguma idéia de que seu filho possa estar deprimido, leve-o a um psicólogo pois um profissional pode ser capaz de ver algo que você não pode.

2. Preguiça

Se você ficou chocada quando seu filho atingiu a puberdade e parou de trocar suas meias e roupas íntimas e, além disso, aplicou desodorante, em vez de tomar banho. Preste atenção se seu filho apresenta sinais de estar muito cansado para se preocupar com a higiene básica.

Mas então, será que você deve forçar a questão? Saiba que essa fase é muito natural e não vale a pena lutar, uma vez que é uma fase que passa quando as ondas hormonais sossegam. Há boas razões para adolescentes serem tão letárgicos e preguiçosos, eles estão crescendo e mudando rapidamente. O importante é garantir a higiene no ponto que não prejudique a saúde deles, como escovar os dentes, por exemplo.

Entenda porque de repente as crianças insistem em não querer tomar banho.

3. Assertividade de controle

Nessa fase, as lutas de poder são ampliadas – e que melhor maneira para um adolescente exercer algum poder do que controlar a única coisa que é inegavelmente sua e de ninguém mais? O corpo é precisamente essa coisa, e é por isso que apenas algumas crianças passam por esta fase. Se você não acha que seu adolescente está deprimido ou excessivamente hormonal, então esse temperamento intencional pode ser o motivo.

Nesse caso, precisamos mostrá-los que eles não percebem o cheiro que exalam. Seja qual for a causa raiz da negligência de seu filho adolescente de higiene, tente entender o contexto em que está acontecendo, para que você possa escolher uma resposta adequada – o que pode muito bem ser: não fazer nada e esperar a fase passar.

Copyright Academia dos Nerds 2017
Tech Nerd theme designed by Siteturner